domingo, 16 de maio de 2010

Voltanto a rotina de menstruar

Quando a gente não pretende engravidar, a vinda da menstruação é super abençoada. Já quando a gente quer engravidar, torce para q ela falhe. Mas quando se perde um bebê, a chegada da menstruação nos deixa tristes... porque eu estava preparada para não menstruar até novembro. Porém Deus decidiu adiantar... o motivo eu não sei, mas Ele sabe o q é melhor.
Com a volta da menstruação veio também a famosa e temida TPM!
Pai eterno! Eu havia me esquecido como isso é chato!
To insuportável, o humor está mega instável e quem sofre com isso são as pessoas q estão mais próximas. Nesses dias sinto necessidade de me recolher pra não agredir quem não merece. Mas nem sempre marido entende e fica o tempo todo questionando, e isso me deixa ainda mais nervosa. Não vejo a hora de a dita cuja chegar pra meu humor melhorar.

Ontem li alguns relatos no blog Perdi meu Bebê e me emocionei. Alguns são muito tristes e a gente percebe o quanto essas mães precisam de ajuda, de apoio. Outros me deixaram com esperanças, são histórias de vitória. E aí senti minhas esperanças renovadas.

E hoje pela manhã ouvi uma história de força de vontade e coragem. Minha depiladora descobriu q está com câncer de mama, e desde novembro de 2009 ela está no Paraná fazendo tratameno. Lá descobriu q o cancer é o mais agressivo q tem, se espalha rápido e ela teve sorte por descobrir ainda no começo. Porém teve q fazer cirurgia, pois a radioterapia não fazia efeito esperado. Ela encarou tudo com muita vontade de superar e viver. Hoje faz caminhadas (caminha 8 quilometros por dia), entrou numa academia pra perder peso e se recuperar melhor. Até os médicos estão surpresos com a vontade de viver q ela tem. Disseram q muitas pessoas morrem por entrar em depressão. Os remédios para depressão interferem no tratamento e as fazem morrerem mais depressa. Como essa mulher tem fé e força de vontade, ela não se deixou abalar e está se recuperando bem. Ainda esse mês ela deve retornar para a nossa cidade, e já disse q não ver a hora de voltar ao trabalho!
Então pensei: o caso dela é pior q o meu, então por que deprimir?
O q não tem remédio, remediado está! E eu decidi viver por mim e ser feliz com o q tenho. Graças a Deus tenho um marido maravilhoso q me apóia, uma família amorosa e amigos atenciosos. O q mais posso querer?
Claro q um filho me deixará extremamente feliz, mas enquanto ele não chega posso ser feliz com o q tenho.

Então se alguém me perguntar o q decidi fazer a reposta é: VIVER E NÃO TER A VERGONHA DE SER FELIZ. PORQUE A VIDA É BONITA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário