quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Balanço dos primeiros 5 meses

Eu queria muito vir aqui diariamente postar sobre a minha filhota, mas... tempo q é bom eu praticamente não tenho!
Hoje vou aproveitar q está tudo calmo pra fazer um pequeno e adoravel balanço:

1º mês: foi um tanto estressante! Conviver com as dores da cesárea e enfrentar o desafio da amamentação foi fróide! Peito esfolado, bebê esfomeado e mamãe chorando de desespero! Pra ajudar, qdo Maysa completou 15 dias as cólicas apareceram. Acabei desmaiando por estar esgotada.
2º mês: descobri o prazer de amamentar. E como é prático! hehehe Maysa começou a interagir, acordava sempre sorridente e me fez esquecer as dores q passei. Mas pra não dizer q tudo foram flores, veio a depressão pós-parto! Como chorei! Me sentia sozinha, isolada... mas qdo se tem uma família amorosa, a gente supera as dificuldades.
3º mês: Maysa cada dia mais esperta! Dando gritinhos de alegria, aprendeu a chamar a atenção do pai... e começou a babação! Até nascer esses dentinhos... aprendeu a virar de lado pra tentar alcançar os objetos. Trocar fralda já não era uma tarefa fácil. Deu a primeira gargalhada pra vovó Irani, uma lindeza!
4º mês: Fizemos a primeira viagem. Fomos pra São Paulo pra ela conhecer a bisa, e de buzão! kkkkkk Pensei q Maysa fosse dar muuuuito trabalho, mas ela se comportou como uma lady. Fez amizade com todo mundo no ônibus e dormia a noite toda. Foi sofrido, mas valeu a pena. Aprendeu a virar de bruços e aí ninguém mais segura essa neném! kkk
5º mês: já toma banho no tanque e adora tentar 'pegar' a água q sai da torneira, dá gargalhadas com facilidade, não pára mais no lugar (ficar na cama não dá mais!), 'fala' da-da-da, mexe em tudo (pra desespero da mamãe, kkk), estende os bracinhos qdo quer colo, come frutinhas desesperadamente, fica sentadinha por alguns instantes e se estressa qdo não consegue o q quer, vestir roupa virou uma missão quase impossível pq a mocinha não sossega um minuto!

Nesses 5 meses descobri q ser mãe é uma tarefa cansativa e muuuuito gratificante!