segunda-feira, 11 de julho de 2011

E o parto, como será?

Há dias venho pensando nesse momento mágico e dolorido, rs.
Outro dia, pesquisando sobre o assunto, encontrei um texto de uma mãe q optou pelo parto cesareo e explicou seus motivos. Fiquei encantada com o relato dela, e concordo q as pessoas não deveriam se meter tanto nas decisões das futuras mães.
Eu ainda não me decidi totalmente, mas estou seriamente inclinada a fazer cesariana e explico o por que:
Infelizmente, aqui onde moro, não temos a opção de ter um parto normal com analgesia. Se tivesse, juro q tentaria.
Poucos são os médicos q topam e convencem suas pacientes a terem um parto normal. Afinal dá mais trabalho, e a grande maioria dos médicos são fazendeiros, portanto pra eles é mais comodo marcar o parto q esperar a boa vontade do bebê.
Na rede pública há apenas dois médicos confiáveis para realizar partos (levando-se em conta q minha cidade possui mais de 50.000 habitantes, é um número muito pequeno). Um deles, q por sinal é meu obstetra, é disputadíssimo pelas mulheres. Tem fama de não deixar nenhuma mãe sofrer, por isso, até nos postos de saúde as mães são orientadas a terem seus bebês com ele. Os demais médicos não possuem especialização na área de obstetrícia e detestam atender grávidas. Não são raros os casos de mães q sofreram durante dias até terem seus bebês, e pior, muitos bebês acabam com sequelas por conta de negligencia.
Pra ajudar os médicos não são muito bons, atendem tanto no hospital particular quanto no público. Os hospitais daqui não são bem equipados também, por isso vivo com medo de um parto prematuro. Se os bebês necessitam de UTI, são transferidos de ambulância para a capital, Porto Velho, q fica a mais de 400 km daqui. Resumindo, boa parte dos bebês prematuros acabam não resistindo por falta de equipamentos e profissionais capacitados.

Resumindo: por medo de q possa acontecer algo com minha filha durante o parto, decidi sofrer as dores da cesarea.
O fróide é ouvir os palpites de gente q me acha louca, q eu devo encarar o parto normal e pronto.
Ah to cansada, essa é uma decisão q só cabe a mim! Nem meu marido critica, então porque tanta gente se mete onde não é chamado???
Ah faça-me o favor! Não tento impor o q penso a ninguém, então respeitem minha opinião!

Afff... desabafei!

Um comentário:

  1. eu ia postar algo desse tipo no meu blog!!no meu caso fiz cesaria e vou fazer cesaria e faria quantas vezes fosse possivel,é dolorido sim a recuperação é mais demorada,mas além de n ter coragem de ter normal meu colo do utero é muito alto e até meu go já falou q se faço normal o sofrimento sera o dobro,além do mais depois que o efeito da anestecia passa eles dão tanto medicamento pra dor q nem se sente tanto assim ai é só ficar de repouso e ta td certo!
    nessas horas muitos querem opinar mas faça o q vc achar q for melhor,além do mais nos dois casos estara vc o medico e deus e quem opinou estara bem tranquilo em casa.
    bjos vai dar td certo!

    ResponderExcluir